dezembro 01, 2009

Fez a fama...

Deita na cama
Inflama e clama
Chora e chama

Desce e aquece
Toma e entorpece
Ri e adormece
Estremece
Se esquece

Se acaba
Se estraga
Se perde
Se rasga

Se...
Fez a fama
Deita na cama...

novembro 27, 2009

Nada de esponja molhada.

Tem dias que as pessoas tem simplesmente o dom de nos tirar do sério
Parece que a gente carrega um aviso luminoso " IRRITE-ME"
E é o que elas fazem...
Simplesmente tenho preguiça, não as suporto, nem caladas, quanto mais falantes...
E aí nos perdemos naquela pergunta " E se eu tivesse uma metralhadora agora?"
Visualizamos toda a chacina, o ataque sangrento digno de um filme de terror e nos deliciamos até que um babaca vem e pergunta...
" Que foi?"
e depois de responder mentalmente
" Que foi que você é um ser humano digno de pena, e que o fato de eu não te suportar não permite que eu tenha só de você o bastante pra deixar de querer te matar, o que talvez até fosse um favor..."
nós respondemos..."Nada"
O Dignissimo ser humano imbecil, não contente de nos ter chateado uma vez, permanece...
" Como nada, e essa cara horrível?"
e de novo vem a resposta mental " É só o reflexo da sua seu imbecil"
E é em um dia como esse que eu pegaria o primeiro filha da puta que me tirasse um pouquinho mais do sério e colocaria na cadeira elétrica... com um porém:
Nada de esponja molhada!



Esse vai pra Carolina Rodrigues, a pessoa mais treze que eu já conheci!

Pequena Grande Mulher

Tamanho não é documento e com isso concordo plenamente
Conheço gente grande, que de pequena tem a mente.
Mas conheço alguém em especial
Alguém essencial
Que de tamanho é desprovida, é verdade
A fita métrica não me deixa mentir
Mas existem certas coisas que nem com centímetros
A gente consegue medir
Seu coração é maior que um elefante inteiro
E sua alegria de viver maior que o universo
Seu sorriso vem primeiro sorrateiro
e depois se abre como poesia em verso
Não há quem não se sinta imensamente feliz
Com essa pequenina criatura
e há quem não acredite no que ela diz
faz ou atura...
Com sua falta de altura


Texto para Ellen Moreno, a maior menor pessoa que eu conheço! Amo você!

novembro 17, 2009

Uma questão de ponto de vista

Mulheres são terríveis, eu admito!
São caçadoras natas, como as leoas.
Elas te envolvem em um jogo de conquista sem nexo
Implícito, tipo de coisa que homem nenhum sabe fazer!
Elas abusam do charme e delicadeza, opondo-se a si mesma de tempos em tempos, sendo rude e grosseira, sendo arisca, como um gato manhoso que não gostou que pisaram em sua cauda.
O único problema é que ninguém pisou na nossa cauda!
Seria justificável pelo menos...mas não, fazem pelo mero gosto de se divertirem com eles, ou melhor, às custas deles.
Somos ásperas e rigorosas gratuitamente, só para vê-lo sem jeito, tentando nos pedir perdão
"Perdão por que, seu bunda mole?" nós pensamos
Mulheres são assim mesmo, manipuladoras, engenhosas, falsas, traiçoeiras.
Brincamos SIM com a refeição antes de comê-la devagar e cruelmente.
Mulheres são vingativas, e tem uma memória ótima!
Nós nos fazemos de bobas para conseguir o que queremos... seja estar com você ou não.
Mulheres deixam marcas profundas, cicatrizes enormes que a próxima tem que lidar.
Mulheres são terríveis, eu admito!

para o Gabriel, que acredita que eu fui injusta em " Já tomou sua dose de realidade hoje"

Caixinha de segredos

Tenho um caixinha de segredos, escondidada no fundo do quintal,
Enterrada embaixo da maior árvore que se pode ver

Minha caixinha de segredos contém os segredos mais secretos
Já segredados*, já segregados
Númerados e organizados por jurisdição
essa é minha caixinha de segredos
Estupefata e exausta
de tanto se esconder

De madeira simples
De maneira alguma
pode estimar-se seu valor
Pois é uma caixinha de segredos
daquelas que não contam seu segredo a ninguém

Eu tenho uma caixinha de segredos
Eu tinha pelo menos
Até escondê-la
e não lembrar mais onde está


* em homenagm a minha irmã, que até hoje insiste em inventar palavras.

Vida Preciosa

Quem um dia estimou o valor da vida, sem dúvida não sabia o qeu estava fazendo.
Seu valor estima-se em momentos
de nada vale uma vida vazia...ainda se triste valeria alguma coisa.
Aqueles segundos antes de um beijo
O Abraço do reencontro
A palpitação quando o telefone toca
A noite sem durmir antes da festa
A expectativa do resultado
O riso frouxo em uma tarde sem nada
Minha vida vale muito, por ter tantos detalhes
E talvez nada de grandioso nunca aconteça
Talvez o mundo nunca me conheça
Mas cada pequeno detalhe faz da vida...
Fez da minha...
Vida preciosa.

novembro 16, 2009

Agradecimento...

Galera,
Muito, muito... MUITO Obrigada por estarem lendo e divulgando o blog...
vejo cada vez mais gente postando o endereço do blog no twitter e no orkut!
Então muito obrigada de coração!
pra quem gosta, tem o twitter do penseira com frases
@penseiravulsa
e quem quiser poe ficar a vontade a adicionar no orkut e no msn
Bárbara Paiva
barbara_zaccarias@hotmail.com
e mais uma vez OBRIGADA
em breve vou fazer um espaço pra sugestões de temas!
beeeeijos

novembro 08, 2009

Já tomou sua dose de realidade hoje?

Nos enganamos sim, dia após dia...
Achamos que não cabemos mais naquela calça porque estamos mais gostosas...
MENTIRA... você engordou!
Provavelmente o bastante para não só suas calças terem notado!
Não adianta, a lei da gravidade funciona para todo mundo, e nunca mais você vai ter aqueles peitos em pé iguais aos da menininha de 15 anos pela qual seu namorado de 25 te trocou!
Provavelmente você adquiriu crateras na parte traseira e inferior do seu corpo... é o preço de crescer, você fica se matando de trabalhar pra ganhar qualquer merreca e torrar tudo em alcool no fim de semana ' Só pra relaxar', ao invés de ter tempo e pique pra se exercitar.
Depois reclama que não encontra ninguém que queira ' dividir' com você...
Você está disposta a dividir?
Eles têm toda a razão de quererem as mais novas, até eu que sou mais besta prefiriria ser a mais nova.
Facilmente manipulada, supostamente inocente, tem todo o tempo livre a ser dedicado a ele.
Quer mais?
Ele não deixou de te ligar porque ele ' tinha medo da sua natureza independente', ele não te ligou porque ele não quis, ou pior, ele nem lembrou.
Nenhuma mulher intimida os homens!
Pode sim até dar uma assustadinha de primeira, mas logo passa...
Somos todas iguais: Irracionalmente sentimentais, com oscilações de humor insuportáveis.
A única mulher que vai intimidar um homem a vida inteira vai ser a mãe dele ( e talvez a sua), e pode ter certeza que ela vai te intimidar também.
Quer mantê-los entretidos? Não os queira
Quer se manter entretida? Os queira muito
Mas depois não venha se lamentar: ' Ele não soube me dar o valor '
Pode ter certeza que saber ele sabia... ele não quis...
' Ele tem medo de se comprometer'
Deve ter mesmo, medo de se comprometer com você, vamos lá, aceitar os fatos...
ELE NÃO GOSTA DE VOCÊ
Se gostasse não teria te deixado ir embora, isso eu te garanto.
Então que tal tomar sua dose de realidade hoje?

novembro 05, 2009

Luz, Câmera, REFLEXÃO.

Tá, tudo bem que a vida é uma peça sem ensaios
E vai saber a hora que a cortina vai fechar e se vamos ou não ter aplausos.
Mas posso pelo menos calcular o estrago?
Mania de impensado ja me rendeu problemas demais
Posso começar com um risco calculado?
Tenho que parar de me jogar de cabeça, e estourar o crânio no concreto
' Eiii, por favor... aqui faltou um cabo de segurança '
Okey.. acho que não ia usar a cabeça pra muita coisa mesmo
Mania de impulso... seguir o pulso de um orgãozinho desgraçado que só bagunça minha vida...
Está bem, calejados estamos, calejados ficaremos!
Só me dá um tempinho pra eu digerir o que eu não pude comer?
Passo uma fome absurda de um alimento que não vende no supermercado
Aí a solução é preencher o vazio com qualquer coisa que tenha pela frente mesmo...
funciona bem, engana um pouco...
' Oi, tudo bem...estou sofrendo! Ahhh você não se importa? um Milk Shake então e fica tudo certo! '
Atitudes comedidas evitarim esses transtornos alimentares
Se talvez eu tomasse mais cuidado eu tomaria menos milk shakes...
Mas nunca se sabe.
Só um palpite.
Gosto do gosto
De gostar devagarinho
Apreciando o gosto gostoso
que seu gosto deixou

outubro 29, 2009

O que me preenche é vazio

O pensamento não tem me deixado esquecer que preciso pensar
Tenho vivido em um mundo paralelo que não é meu.
Quem disse que ser diferente era normal provavelmente nunca tentara ser comum
ME distanciei de mim, como nunca havia feito antes.
Me deixei cair na rotina, me deixei levar pela vida morna, sem pensar no depois
Talvez por ter me ignorado por tanto tempo, seja impossível continuar a fazê-lo, eu fiz p que quis, mas não sabia ao certo o que queria...
E de tempos em tempos um sino toca e pede, quase implorando pra que eu olhepro espelho e consiga enxergar.
Não importa o que era, mas sim no que me tornei:Cheia de princípios mas de olhar vazio.
Me tornei avulsa...por ser tradicional demais, exigir demais.
Como um palhaço que esconde sua tristeza atrpas de uma máscara branca e um nariz vermelho, rindo da vida como quem diz : " Um dia você ainda me paga"
Tenho me acabado dando importância demais ao que não tem relevância alguma, e me esquecendo do que mais importa.
Pedaço por pedaço, tenho me deixado cair pelo caminho, sem ao menos sentir a dor da perda. Permaneço anestesiada, afogada em um mar negro de tristeza.
Um cadáver que anda, fala e sorri quando convém.
Totalmente moldada, totalmente desalmada.
E se é que ainda existe um pingo de luz em mim, ele está adormecido, envolto em solidão.
Não consigo esvaziar pois a escuridão a qual me preenche é na verdade vazio.
Ninguém entenderia, e às vezes até prefiro que assim seja, se não já o fosse.

outubro 03, 2009

Carta ao marinheiro.

É um preço a ser pago, um risco a ser corrido
Eu escolhi a espera , então me cabe apenas esperar
Que seja sua volta ou sua partida de uma vez por todas, a decisão já não esta em minhas mãos, eu só posso esperar
Esperar que ele reinvindique seu território ou então o abandone, meu coração não é algo que se possa alugar
Talvez... algúém queira lutar e tomar posse, se fazer dono por uso capião.
Não posso dar o mesmo presente duas vezes, não poído e maltrapilho como meu coração está, esquecido em qualquer gaveta na estante do quarto dele.
Como posso dar à alguém o coração que ele nunca me devolveu?
Prefiro um coração partido a um coração esquecido:O partido eu poderia consertar.
O Partido se deram ao trabalho de não esquecer.

setembro 02, 2009

enquanto observava as ondas que iam e voltavam percebia o rasgo que o barco fazia no mar.
Mesmo com tamanha imensidão, deixava-se ferir por um pequeno pedaço de madeira flutuante.
As ondas lembravam sua bailarina, rodopiando sobre a madeira molhada do cais após mais uma noite de farra, fez-se a sombra de um sorriso em sua face mal ilumida pela lua. Acabara de se despedir dela e a saudade era tão grande quanto o mar que o encarava de volta.
Estava indo para Ilha de Bergamota, de onde trazia carregamentos de frutas e essências e veria também sua grande amiga Natasha.
Uma vez fora apaixonado por ela, na verdade por sua voz...talvez fosse um encanto cigano ou algo similar. Embora cantasse em um bordel Natasha apenas cantava, com sonho de chegar aos grandes palcos de Saint Marie, onde o marinheiro costumava ver sua amada...a Bailarina.
e quem vai devolver minhas noites sem durmir? - pensou a bailarina
O marinheiro acabara de zarpar e a saudade já era tão intensa que era praticamente impossível contê-la. E seria novamente, como da última vez... ele se vai e só volta quando quiser, se quiser e se puder também.
Dizia ele que o capitão (nunca visto por ela nas vezes que esteve no cais) era um homem muito bom, um pouco abaixo da estatura média,de feições bonitas e suaves como as de uma criança loira.
Enquanto divagava, tentando imaginae o tal capitão foi tomada por uma fúria..."NATASHA"

Natasha era a cantora de um Cabaret, na ilha de Bergamota
Era bem morena, bonita. Tinha os traços que remetiam a bailarina aos ares turcos ou ciganos e a enfureciam muito mais.

"Talvez ela não seja tão bonita no fim das contas...Além do mais deve cantar mal como uma gaivota, só com muito rum para aguentar tal voz"

Ela se consolava, enquanto o relógio não cansava de avisá-la quanto tempo ele já havia partido e em quanto tempo ele estaria com ela...

agosto 24, 2009

Ser

Bicho do mato eu não sou
Sou aquela do porta retrato
Em cima da estante, ali no corredor.

Tão pouco sou incapaz
Sou aquilo que me convém ser.
E toda a complexidade que isso traz

Nos convém ser o que se é
Logo sou o que deveria ser
E não, o que por ventura,
Gostaria que fosse.

Mas o que se quer ser nem sempre é o que se é...
E o que se é muitas vezes não é o que de fato seria
É mais fácil apenas ser...
Em toda sua simplicidade.

E qual a capacidade de entender
Toda essa coisa do ser ou não ser
Quando não se tem idéia do que se é?

Simplesmente Amor

Simplesmente o amor
Não tem explicação
Modo ou razão

Não tem passado
Nem futuro
Não tem conjugação

Não tem como nem onde muito menos por quê
e sim como...e só quando usado como comparativo
"COMO eu amo você"

Não tem tem pessoa
Tão pouco é impessoal
Não tem cor,nem sabor
mais o que se sente, não há nada igual

Amor é amor... Incondicional!
'Chega daquele bom humor forçado
Eu quero sorrisos sinceros
Chega de fingir
Eu quero liberdade pra sonhar
Os sonhos mais idiotas e imbecis
mas que eles sejam meuse bons ou ruins o bastante pra me completar
Eu quero viajar em letras
Voar nas asas da imaginaçãoquero estar em todo lugare em lugar algum...
Quero não mais pertencer a mimmudar e permanecer
Quero a contradição de cada sercomo se fosse o que já se é....
mas também pudesse ser o que seria
Quero complicar e descomplicar cada problema
Quero ser plena
completa e serena
e mesmo assim continuar me surpreendendo com cada pôr do sol e cada chuva após um dia de calor
Eu quero entender o amor
ou pelo menos reconhecê-lo enquanto ele passa por mim
Quero poder agarrá-lo e forçá-lo a dizer do que se trata tudo isso afinal.
Queria conhecer a morte e poder voltar para dizer a todos que não há o que temer,
pelo menos é o que espero...
Quero um lugar melhornão melhor que o seu,mas que seja melhor pra mim
Quero me sentir livre
mas não abandonada
Quero me sentir segura
Conhecer um rei
Escrever um livro
Ter um cavalo
E plantar uma árvore
Quero correr sem que me falte o ar
Quero comer sem me preocupar se vou engordar
Quero a verdade tão limpa como a água da nascente de um rio
Quero não ter vergonha de ser ingênua
Quero poder acreditar (como acredito)
Mas sem ser enganada
Quero poder usar a roupa que eu quiser
Quero que me falte qualidades e que me sobre defeitos, por que assim sempre haverá trabalho a ser feito
Quero que me mostrem o caminho, mas nunca que me ensinem como percorrê-lo
e quero sim descobrir meus caminhos também
Quero ter o mundo em minhas mãos
e descobrir cada pedaço dele
cada pessoa
cada milésimo de centímetro é tão precioso
cada milésimo de segundo e tão demorado!
há tempo pra tudo,mas não sobra tempo pra nada! '

agosto 08, 2009

Espera(R)nça também Cansa

Meu bem ouça com atenção
Ja passou o dia
em que estive em sua mão

Agora que entrou na roda
Dança
Minha esperança não morre
Mas esperar também cansa.

Ouça meu bem
quem sabe pela última vez
mas vale um Não
do que um Talvez

julho 16, 2009

Sem Sal*

Eu aumento
e às vezes até invento

Preciso de magia
na palidez do dia a dia

Eu conto um conto
Aumento um ponto
Talvez dois ou três

Eu exagero
Me desespero

Escuto mas não ouço
Olho mas não vejo

Sigo o meu desejo
Não me contento com pouco
Mas acho o simples muito mais bonito.

julho 15, 2009

Se a carapaça te serve...

Já não posso fazer mais nada
Se essa tua carapaça te serve tão bem
Não adianta insistir
e dar de cara no muro toda vez

Meu limite foi imposto por você
E enquanto eu me mantenho grudada no muro
você se mantém longe, porque a carapaça
Não basta

Não vou fazer mais nada
Pouco me importa a sua carapaça
Lembre-se apenas que de nada vale carregar a casa nas costas
E morar sozinho.

julho 02, 2009

Conquistas

- Saiba que é muito dificil conquistar tais terras, tens paciência?
- Sou ansioso!

- És forte e bravo?
- Sou, mas minhas atitudes refletem as batidas de meu coração.

- És estratégico, persistente?
- Impulsivo, e não muito perseverante.

- Amigo, tens um problema!
-Mas eu a amo!

- Desiste e fica!
- Não desisto e vou. Ela é minha solução, e tu não vais me derrotar de novo, ORGULHO.

Causa

Você Me Causa
Você é a Causa
da Minha Causa
de Querer uma Causa
Sem ser você.

Espelho

Meu medo
Reflete
Seu medo,
de mim

Beber do seu Copo 2 ( Ou quero beber de você)

Eu sei que você lê e sabe
Entende tudo que quero dizer
E até o que não digo,
Você sabe entender



Saiba que uns não se aplicam a você
São apenas reflexos do que veio antes
E ficou pra trás



Entendo você
Não sei como e nem porquê
Talvez sejamos parecidos demais

E às vezes me falta
meia dúzia de palavras
e coragem pra te dizer
É de você que quero Beber*

junho 28, 2009

Beber do seu copo

Bebi demais, mais uma vez
bebi de novo
e mais

Permaneço na minha embriaguês solitária
e bebo mais
todos os dias
de novo

Bebo no seu copo
um pouco pra mim
Eu coloco e bebo

Bebo de você constantemente
E inevitavelmente
Permanece
a constante vontade de te beber

junho 24, 2009

Você.

Não quero mais escrever sobre você,
sobre o que me causa.
Simplesmente não quero mais.

Quero escrever sobre coisas belas, grandes alegrias,
sobre o dia-a-dia...sejá lá o que for, tudo menos você.
Cansei de você ser a causa da minha insônia
Do meu mau-humor constante

Se for escrever do que sinto não posso
Vou falar de você
Indiretamente você sempre estará lá

Se for escrever do que penso piora
Vou lembrar que você me ignora
Que foi embora
e que até um dia me fez chorar

E então vou escrever sobre você de novo.

Mas eu não quero,
Eu me nego
Eu te nego por não te querer mais
Por te querer demais.

E então vou escrever sobre você de novo.

Já cansada de pensar no que escrever
Resolvi não escrever mais
Não sobre você

Mas olha que coisa boba, cá estou escrevendo sobre você de novo.

junho 23, 2009

Vou virar dragão

Te trancar no alto da torre e engolir a chave.
Quero ver uma princesinha ter coragem de te resgatar.

Estou cansada de esperar na janela
Agora eu quero ser o dragão.
Mesmo porque não tenho mais tranças pra jogar, e nem motivos pra que me tirem daqui.

Porque só mesmo sendo o dragão pra cuspir fogo, ter o coração gelado e ainda assim viver um conto de fadas.


Agora eu sou o DRAGÃO!

junho 22, 2009

"Je suis excessive..."

(eu sou excessiva)

Muito pra mim é pouco
sou extravagante
gosto de risadas altas
ódios profundos
amores avassaladores

Gosto da intensidade
da incostância
da diversidade

Gosto do esquisito
do estranho
do fora do comum

Uma vida como uma montanha russa
cheia de curvas, altos e baixos
Emoções...
pra no fim você descer aliviado.



Não vim a passeio, e não vou sem deixar rastro.

junho 09, 2009

O otimista diz que vivemos no melhor dos mundos, e o pessimista teme que isso seja verdade*

Rio quando não devo
Choro quando não é esperado
Tropeço, acho engraçado
faço e desfaço caras e bocas
nós e laços


Rabisco e traço meu destino
esboço tristezas
mas nunca as termino

Tenho sim meu mundo
Que carrego comigo
E enquanto tudo desaba aqui fora
Lá dentro encontro meu abrigo

Não que tenha medo
Na verdade é o contrário:
Tenho coragem demais, idéias demais, opiniões demais


das pessoas, não sou das mais educadas
e das mulheres, a mais desastrada

Eu não ligo de ser o que sou
E até acho bonito
esse meu jeito esquisito
de achar esse mundo
Bonito.

junho 02, 2009

True Colors

Subi até o sótão, a parte mais feia e abandonada da casa...
Ás vezes é necessário limpar a bagunça, jogar fora o que já não te serve mais, arrumar a casa por completo.
Em meio a tantas lembranças empoeiradas os encontrei...

Apontei meus lápis de cor
Tinha os esquecidos em qualquer caixa, em qualquer canto
Dentro de mim
Agora os encontrei, com pontas quebradas, cores faltando, e mesmo assim imponentes sobre o papel.
É com eles que vou pintar a parte feliz da minha história.

Encontrei também um conjunto de aquarela com pincéis
Estes estavam intactos, até serem misturados à água e terem suas cores diluídas
É com eles que vou pintar as dores e dúvidas da minha história

Descobri também uma caixa de giz de cera, um pouco de argila e massa de modelar. Uma caixa de guache, algumas colas coloridas e um pouco de glitter.
Fitas antigas, paetês e lantejoulas dos vestidos que mamãe fazia também estavam por lá.

Tinha todo o material reunido, sempre tive, na verdade.
Agora eram as minhas mãos que trabalhavam a mando da minha criatividade.
Construindo, modelando, pintando, decorando.
Mudando as cores, misturando-as... Do jeito que eu quiser


A vida é da cor que a gente pinta, e hoje mais que nunca, eu sou a única responsável pela minha felicidade.

junho 01, 2009

Seria trágico, se não fosse cômico.

Olho pela janela
Olho para a vida...
Mais um dia que se vai.
Às vezes tudo muda, às vezes não muda nada.
Quando a gente menos espera PÁ
um novo amor ...PÁ
uma nova doença... PÁ
uma nova possibilidade.

É dificil viver um dia sem pensar no próximo, mais dificil ainda tudo sair como o planejado
Impossível!
Nunca sabemos o dia de amanhã, fazemos um esboço, planejamos e de repente a vida toma outro rumo, outro caminho, por conta própria... sem te perguntar "você se incomoda com uma rápida mudança de planos?"
De fato, temos sim as rédeas da vida na nossa mão, porém os caminhos ja foram traçados, basta a você escolhê-los ou não.
Direita, esquerda, em frente... sempre em frente.
E o que vem depois ninguém sabe, a primeira escolha engloba um pacote de escolhas sucessivas que você não vai ter o direito de direcionar... até a próxima chance de escolher.

É como um jogo de dados, basta sorte e uma boa jogada.

maio 26, 2009

Despi-me da armadura que antes carregava
Tinha os ombros cansados
Não tenho mais facas e adagas a serem atiradas
Com os punhos doloridos, e olhos vazios, cegos de poeira, seria impossível fazê-lo
As pedras eu deixei pelo caminho
Não podia mais carregá-las
Tinha as pernas fracas e sem vontade de caminhar
Trazia apenas o peito aberto, mente limpa
A breve sensação de liberdade, pele nua e revestida de verdade
Não se faziam necessários gritos de vitória, apenas o silêncio da paz.

maio 25, 2009

Matar é BOM

Matar a sede
Matar a fome
Matar a saudade
Matar a vontade


mas hoje só estou matando aula mesmo.

No fim das contas...

não tem fim
me perco na infinidade de números e letras
que no fim
se tranformam em nomes, datas
que no fim das contas
me lembram você
enfim
não me deixam esquecer.

Nowadays*

Cheguei a uma breve conclusão a respeito da vida:

Há de se agir de acordo com o que o coração pede, a mente pode saber tudo, mas quem manda é ELE. ♥